Curiosidades de São José dos Ausentes

>> Você sabia que:

- quem nasce ou reside na cidade de São José dos Ausentes é chamado de Ausentino?!


- que além da pecuária a produção de batata e maçãs movimentam a economia do município?!


>> Você já ouviu o canto da Curicaca?

A curicaca é uma ave muito conhecida na região dos Campos de Cima da Serra e Aparados da Serra.


A espécie Theristicus caudatus voa pelos céus e anda pelos campos de grande parte do Brasil e da América do Sul exibindo uma coloração clara e asas largas. No sul do Brasil, a ave faz seus ninhos sobre os pinheiros, de onde, acredita-se, vem o seu nome: no tupi-guarani, kuri significa “araucária” e akã quer dizer “copa”.


Os bandos de curicaca dormem nos grandes pinheiros junto às casas das fazendas. São carinhosamente vistos pelos moradores como uma ave amiga e parceira. Pela manhã, acordam alvoroçados chamando a família para o início do dia, enquanto voam para o campo em busca de alimento. Costumam comer insetos, sapos e até cobras, motivo que leva ao reconhecimento de sua utilidade para os pecuaristas. Ao pôr-do-sol, o bando retorna grasnando e sobrevoa em círculos o pinheiro de onde partiu até encontrar o melhor galho para passar a noite. É hora de encerrar a jornada de trabalho e preparar o chimarrão do descanso.


Fonte: Instituto Curicaca


Ouça o canto da curicaca:




>> Prove alguma delícia feita com gila

Externamente a gila assemelha-se a uma melancia. Sua polpa é macia, fibrosa, branca e levemente adocicada. O fruto possui muitas sementes de cor preta e achatadas e a casca tem cerca de 3 mm de espessura.


A gila é muito utilizada no preparo de doces em calda, cristalizados, bombons, rocamboles e folheados; e também, em pratos salgados, como lasanhas, empadas e saladas.


Em Bom Jesus, cidade vizinha de Ausentes, acontece a Festa da Gila.


>> Visitei os cânions mas não consegui enxergar nada... Sabe por quê?!

O clima em nossa região é instável e ocorre com muita freqüência o fenômeno da viração.


Trata-se de um grande nevoeiro que cobre de branco as paisagens e toda a cidade.


Sugerimos que para não correr o risco de perder a viagem, telefone antes para a sede das pousadas e pergunte se há visibilidade.


Por aqui, mesmo com o dia ensolarado a viração acontece rapidamente.


A sugestão é que os cânions sejam sempre visitados nas primeiras horas da manhã ou até umas 15h... vai que o tempo vire!


>> Outra delícia que você precisa experimentar é o queijo serrano

O queijo Serrano é um queijo produzido com leite cru de vacas de corte, alimentadas com pastagens naturais fornecidas por campos nativos. Tem massa semidura, baixa umidade, sabor e aroma acentuados e textura levemente amanteigada.


Com uma tradição secular, que remonta ao período do tropeirismo no Brasil, e com uma receita tradicional, passada de geração a geração, há quase duzentos anos o Queijo Serrano é uma das principais fontes de renda das famílias de pequenos pecuaristas que se dedicam à sua produção.


Nos municípios de São José dos Ausentes e Bom Jesus, no Rio Grande do Sul, foi fundada uma associação, a Aprocampos - Associação dos Produtores de Queijo Serrano dos Campos de Cima da Serra.


Fonte: Slow Food Brasil


>> Já ouviu falar em lugares que parecem cena de novela?!

Então, São José dos Ausentes é um destes lugares!

Confira ao lado algumas cenas que foram ao ar em pontos turísticos de nosso município por:


O Profeta

Casa das Sete Mulheres

Além do Tempo


>> Sabia que São José dos Ausentes também aparece em alguns comerciais?! Confira:

Volkswagen



Hyundai


>> Você sabe o que é BIJAJICA?

Bijajica é bolinho frito em formato de rosca cujos ingredientes são: polvilho azedo, ovos e açúcar.

Uma delícia que você não pode deixar de provar! Confira a receita:


INGREDIENTES

2 OVOS
1 PITADA DE SAL
4 COLHERES DE AÇÚCAR
POLVILHO ATÉ DAR O PONTO


MODO DE PREPARO

1. misturar os ovos, o açúcar e o sal
2. acrescentar um pouco de polvilho e mexer
3. colocar mais polvilho e sovar bem, até ficar em ponto de rosca, se ver que passou colocar um pouquinho de leite só para dar ponto
4. formar as roscas
5. fritar em óleo ou banha quente, em fogo baixo até ficarem douradas
6. consumir imediatamente

2010 Copyright - visiteausentes.com.br Todos os direitos reservados.
Design gráfico: Rpd | Design Desenvolvimento: OneWeb